Prestação de contas:

Um dos pontos mais importantes da nossa gestão é a transparência. Por isso, temos o compromisso de agir com transparência para resgatarmos a credibilidade do futebol rondoniense, em especial na cidade de Porto Velho. Para tal, nosso Estatuto Social nos obriga a:

 

Art. 18º O Rondoniense adotará mecanismos de transparência na sua gestão por meio de instrumentos de controle social, transparência na gestão da movimentação de recursos e na fiscalização interna, tais como: 

a)Publicação em seu site oficial de extrato contendo informações de recebimento e destinação de recursos públicos, contendo contratos, valores, prazos de vigência, relação nominal de pessoas físicas ou jurídicas contratadas, entre outras informações de garantia de transparência;

b)Elaboração de relatórios de gestão e execução orçamentárias, atualizadas periodicamente;

c)Publicação anual no site oficial dos balanços financeiros e contábeis;

d)Criação, através do site oficial, de uma ouvidoria encarregada de receber, processar e responder as solicitações relacionadas à gestão.

e)Garantia de autonomia do seu conselho fiscal;

Outro ponto de nossa gestão voltada a garantir a transparência é a democratização de nossa gestão. Membros da Diretoria só podem se reeleger uma única vez e é proibida a sucessão presidencial por parentes até o segundo grau do atual presidente, conforme determina nosso Estatuto Social.

Art. 43º O Rondoniense Social Clube Será administrado por uma Diretoria eleita pela Assembléia Geral para um mandato de 4 (quatro) anos, cujo primeiro mandato se inicia no dia 01/04/2011 e encerra-se no dia 31/12/2014; 

Paragrafo único: É vedada a eleição de cônjuge e parentes consanguíneos ou afins, até o 2º (segundo) grau ou por afinidade do presidente; 

Art. 44º A Diretoria será composta de no mínimo 3 (três) membros, podendo os mesmos serem reeleitos apenas uma única vez.

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *